Servidores Públicos do Estado do Ceará sendo mais de 15 mil deixaram de realizar o recadastramento e a prova de vida dentro do prazo e terão seus proventos suspensos a partir de novembro deste ano. A informação foi confirmada pela Fundação de Previdência Social do Estado do Ceará (Cearaprev), nesta quarta-feira (13).

Segundo a Cearaprev, a lista das pessoas que não fizeram o procedimento foi enviada à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e aos órgãos dos demais poderes na última sexta-feira (8). Assim, os servidores terão suas remunerações suspensas a partir do mês que vem.

LEIA MAIS

Funcionário pode fazer procedimento por meio de aplicativo. Em sete dias úteis, o dinheiro é desbloqueado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais