Várzea Alegre se despede hoje com tristeza de Maria Galbanita Alves da Silva Sousa (Galba) 70 anos, a mesma vinha enfrentando grave problema de câncer que terminou por consumir sua vida.

Por muitos anos Glaba desempenhou o papel de recepcionista no Hospital São Raimundo Nonato, naquele ambiente de trabalho fez grandes amizades. Galaba ainda prestou serviço no antigo Pronto Socorro hoje atual CAIS.

Na vida religiosa era evangélica da igreja Presbiteriana onde comungava na fé ao lado do esposo Raimundo Belo. 

O corpo de Galba está sendo velado no templo da Segunda Igreja Presbiteriana de Várzea Alegre, às 16h será o culto fúnebre e logo após, o sepultamento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja mais