| Da redação

Anualmente duas campanhas de vacinação contra a febre aftosa é realizada por ano, sendo a primeira etapa em maio de casa ano seguindo até junho para declarar e no mês de novembro a segunda etapa.

Em maio os produtores são obrigados a vacinarem todo o rebanho, desde dos novos até os animais em vida adulta. Já em novembro são vacinados os animais de zero a 24 meses (dois anos).

Nas últimas duas campanhas o estado do Ceará que se encontra em estado de vacinação livre com vacina, perdeu o compasso e não atendeu a meta de vacinar 90% do rebanho, em Várzea Alegre não foi diferente, os produtores se acomodaram se escondendo por trás da pandemia e ficaram no prejuízo.

As informações apontam que se as campanhas tivessem logrado êxito a partir de novembro de 2021 o estado poderia está na fase de livre sem vacina, a falta de compromisso dos produtores adiou a proposta para 2022 isso se houver campanhas exitosas.

O gerente da Ematerce em Várzea Alegre Evilásio José de Sousa informa os números atualizados.

Veja mais